Estádio Plínio Lemos



As antigas arquibancadas do "PL"

História
Em 1957, o então prefeito de Campina Grande, Plínio Lemos, atendendo a uma reivindicação de varias equipes amadoras da cidade, decidiu construir um Estádio Municipal nas proximidades do canal das piabas no bairro do José Pinheiro. A praça esportiva ficou concluída no inicio de julho e a data de inauguração determinada para o dia 26 do mês.
Um terreno pantanoso, exigindo da Municipalidade, um imenso aterro, mais de 2 mil caçambas de massame e areia foram usadas no nivelamento do terreno. A construção foi realizada em tempo recorde, quatro meses e quinze dias, já que era último ano de administração do prefeito Plínio Lemos. O Estádio ficou pronto com campo de futebol devidamente gramado, alambrado, uma quadra polivalente, uma piscina e um lance de arquibancada.


Campinense é o Plínio Lemos 




O Plínio Lemos foi construído pela prefeitura para ser o estádio municipal. Ele deveria abrigar as duas modalidades mais praticadas na cidade nos anos 50, que era a vaquejada e o futebol.
Era o único estádio do Brasil que tinha uma pista profissional de vaquejada.
Em 1958 quando tornou-se clube profissional, o Campinense precisava de um estadio. Foi então que os dirigentes da época, solicitaram uma parceria com a prefeitura através de comodato.
O prédio era público, mas administrado pela iniciativa privada, no caso o campinense.
Pelo acordo, o Campinense ficou responsável por concluir o estadio, erguendo as arquibancadas geral e implantando pista de atletismo, quadra, piscina olímpica e iluminação.
Em 1965, o time ergueu uma arquibancada geral com capacidade para 3 mil pessoas e parou por aí, em 1967, implantou a iluminação no estádio que durou até 1973, quando a justiça trabalhista penhorou os postes e refletores. Em 1970 construiu uma quadra poliesportiva e uma piscina. A ultima obra no PL foi um alambrado em 1975. daí para frente não investiu mais em nada, só pintura e cal!
O estádio tem um grande valor para o Campinense,foi lá onde o clube realizou verdadeiras batalhas contra times do Brasil inteiro na década de 60 e 70.
No estádio Plínio Lemos o Campinense ganhou: o hexa(1965),o tetra(1974),a Taça Brasil fase-Nordeste(1962) entre outros títulos.




Alguns títulos do Campinense no estádio


Campeonatos Paraibano: 1960,1961,1962,1963,1964,1965,1967,1971,1972,1973
Taça Brasil fase/Nordeste: 1962


Estatísticas do Campinense no "PL"

Total de jogos:
vitórias:
Derrotas:
Empates:
Gols feitos:
Gols tomados:

Década de 50:
1959:41 jogos,18 vitórias,11 derrotas e 12 empates,82 gols feitos e 49 gols tomados.

Década de 60:
1960: 23 jogos,15 vitórias,5 derrotas  e 3 empates,60 gols feitos e 26 gols tomados
1961: 36 jogos,23 vitórias,8 derrotas e 5 Empates,100 gols feitos e 39 gols tomados
1962: 40 jogos,30 vitórias,2 derrotas e 8 empates,108 gols feitos e 25 gols tomados
1963: 40 jogos,25 vitórias,3 derrotas e 12 empates,122 gols feitos e 55 gols tomados
1964: 47 jogos,28 vitórias,5 derrotas e 14 empates,118 gols feitos e 53 gols tomados
1965: 3 jogos,1 vitória,1 derrota e 1 empate,5 gols feitos e 3 gols tomados
1966:


Antigo "PL"



O Estádio Plínio Lemos,virou a Vila Olímpica Plínio Lemos

0 comentários: